13.1.12

DL 2012 - Janeiro - Literatura gastronômica - Amei, Perdi, Fiz Espaguete de Giulia Melucci







Amei, perdi, fiz espaguete
Autora: Giulia Melucci
Editora: Record
Páginas 320
Tamanho Normal

A autora conta histórias reais de sua vida, é uma autobiografia bem humorada, nada parecida com um livro de lamentações, não pensem que ela é do tipo que simplesmente come um monte de espaguete quando acaba uma história de amor. Ela é mais que isso e identifiquei-me horrores com a autora pois adoro cozinhar para meus homens e é claro que para mim também especialmente quando quero me consolar.

Para mim assim como para Giulia cozinhar é um ato de amor. E mais que um ato de amor ajuda a curar também quando o amor não dá certo. O livro trás receitas fáceis e divertidas, dá vontade de correr para a cozinha e fazer tudo. Mas cuidado, a autora alerta que muitas delas afastaram alguns pretendentes. Mas com certeza não foi por serem ruins, os homens de Giullia não são muito ligados a compromissos... E ela muitas vezes sabe que os está tratando como filhos.

Me peguei dando muitas risadas em alguns momentos e em outros eu queria puxar  a orelha dela...Só no final ela consegue entender o quanto errou e o quanto precisava crescer. Giulia nos dá boas receitas e nos alerta que namorar engorda hehe... Para exorcizar um namoro, faça bolinhos... Para ver o gato faça a receita “Borboletas do primeiro encontro” ou “Jantar para impressionar”. Outras boas receitas: bolo de pêra para amizades coloridas, jantar para impressionar um cavalheiro mais velho, o último jantar de Lachlan, queijo italiano para WASPs adolescentes. Todas as receitas são ligadas a história promovendo uma amarração entre as histórias e as receitas.



Giulia Melucci é de Nova York, nascida e criada no  Brooklyn. Ex-vice-residente de relações públicas da Harper’s Magazine, em 1988 formou-se na Universidade Sarah Lawrence e conseguiu empregou em editoras desde então, na área de publicidade. Trabalhou na Spy Magazine, Atlantic Monthly Press, Viking, Dutton e Scribner, até que em 2002, entrou para a Harper’s.
Recomendo a leitura do livro e especialmente que experimente as receitas, uma das minhas preferidas é a salada de atum para casa de veraneio, você não precisa fazer só na casa de veraneio, e pode ser feita nas duas situações, quando estiver apaixonada e quiser compartilhar a refeição, bem como quando estiver sozinha e quiser se mimar.
Ingredientes
·         1 lata de 170 gramas de atum em conserva de azeite de oliva
·         1 colher de sopa de cebola roxa picada
·         1 tomate, sem sementes e picado
·         1 colher de chá de alcaparras
·         1 e ½ colher de chá de azeite de oliva
·         1/4 de colher de chá de sal
·         Algumas pimentas moídas
·         1 colher de sopa de salsinha picada (e/ou manjericão se você tiver) 




Modo de preparo
Abra a lata de atum e drene o excesso de óleo, ponha numa vasilha e acrescente a cebola, o tomate picado, as alcaparras, o azeite de oliva, o sal e a pimenta. Misture tudo e enfeite com a salsinha picada. Sirva com o pão fresco. Suficiente para dois, facilmente duplicável.



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.